Marca Maxmeio

Biografia

  • 01 de Abril de 2010

    Atividade Profissional

    Ney Lopes de Souza, 64 anos, natural de Natal, Estado do Rio Grande do Norte. É advogado militante, jornalista, Professor de Direito Constitucional e Procurador da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (os dois últimos aposentado), ex-deputado federal (DEM-RN). Experiência em Consultoria na área de propriedade intelectual, por ter sido o autor do texto aprovado na Câmara Federal e transformado na atual Lei de Patentes do Brasil.

    Experiência em relações internacionais pela participação ativa na Comissão Parlamentar mista do MERCOSUL do Congresso do Brasil (2002-2004), exercendo a vice-presidência. Integrou durante 12 (doze) anos a Mesa Diretiva do PARLAMENTO LATINO AMERICANO (PARLATINO), órgão internacional reconhecido por 15 nações da América Latina e Caribe - , no qual exerceu vários cargos e funções, culminando com o exercício da Presidência por 04 (quatro) anos, ocasião em que intensificou as relações da instituição com a América Latina, Caribe, PARLAMENTO EUROPEU e vários parlamentares europeus, asiáticos e do leste europeu.

    Fundador em 10/2006, juntamente com o presidente do Parlamento Europeu, da atual ASSEMBLÉIA PARLAMENTAR EURO-LATINO AMERICANA). Firmou acordo parlamentar com a REPÚBLICA POPULAR DA CHINA que passou a membro-observador do PARLATINO. Recebeu homenagens e distinções da Assembléia Nacional Popular da China e do Governo, em visita oficial à China; condecorações nacionais e internacionais.

    Outras atividades:

    • Conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção do RN;

    • Presidente do Instituto dos Advogados – Secção do RN

    • Assistente do Departamento Jurídico da Federação dos Trabalhadores Rurais do RN -1963/1964

    • Promotor da Comarca de Ceará - Mirim –RN 1964/1965

    • Vogal da Junta Comercial do RN representando a OAB/RN 1968

    • Chefe da Casa Civil do Governo do RN - 1971/1972;

    • Presidente, no RN, do Conselho de representação do Projeto Rondon - indicado pelo Ministro do Interior, José Costa Cavalcanti - 1971;

    • Secretário Estadual do Governo Interior e Justiça do RN - 1972;

    • Presidente no Congresso Nacional do Grupo Brasileiro do Parlamento Latino-Americano - 1991/1994;

    • Vice-Presidente do Parlamento Latino-Americano (Parlatino), eleito em 20 de Agosto de 1993 - Montevidéu - Uruguai;

    • Representante da América Latina junto ao Global Fórum - entidade internacional com sede em Nova York - indicado em Setembro de 1993;

    • Presidente do Instituto Tancredo Neves, órgão superior de estudos e pesquisas políticas do então Partido da Frente Liberal (PFL) 1995/1997

    • Secretário - Geral do Parlamento Latino - Americano - 1996/1999;

    • Presidente Alterno do Parlamento Latino - Americano – eleito para o biênio 2000/2002;

    • Presidente do Parlamento Latino-Americano (PARLATINO), com mandato de quatro (4) anos, concluído em 08/12/06. Instituição, fundada em Lima, Peru, em 1964, com sede permanente na cidade de São Paulo, legalmente reconhecida por Tratados Internacionais, homologados nos Congressos Nacionais de diversos países da América Latina e Caribe. Nos 45 anos de vida do PARLATINO, o deputado Ney Lopes foi o terceiro brasileiro a presidi-lo. Antes, presidiram a instituição o deputado Ulysses Guimarães e o Senador Nelson Carneiro. O deputado Franco Montoro foi Presidente do Conselho Consultivo do Parlatino e Presidente do Grupo Brasileiro, no Congresso Nacional.

    • 2009 - Advogado e consultor nas áreas de patentes (propriedade intelectual), contratos internacionais, advocacia econômica preventiva e relações institucionais. Sócio majoritário da firma de advocacia e consultoria LOPES DE SOUZA ADVOGADOS ASSOCIADOS e duas emissoras de rádio no RN.